quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Scarpin

Se tem uma peça que faz parte do armário de toda mulher, ou pelo menos deveria fazer é o clássico scarpin.
Um sapato feminino fechado de salto médio ou alto, que tem um formato que se afina em direção ao bico e é fundamental para valorizar qualquer look.
O nome scarpin vem do italiano scarpino, é uma forma reduzida dessa palavra que significa sapato.
Como na moda tudo retorna periodicamente, ela trouxe novamente ao pés das mulheres este clássico que foi popularizado no ano de 1947 por Christian Dior, que na época quis introduzir uma nova moda para as moçoilas, que estavam vivendo o fim das guerras e o racionamento de tecisos, querendo assim ser mais glamourosas e femininas. E com o passar do tempo, eles ainda estavam lá, renovados, com outras caras, tecidos de várias cores, mas jamais deixaram a moda.
O scarpin hoje, como nos anos 60 combina com todos os estilos, não importa se a mulher faz o estilo patricinha, rebelde, despojada ou trabalhadora. Tudo se deve apenas ao bom senso de combinar o scarpin com a peça certa para cada ocasião, para o trabalho, por exemplo, use-os com saias ou tailleur combinando-o sempre com a meia-calça.
O interessante do scarpin é que você pode montar um look jovial e sofisticado a cada dia, dependendo da situação.
 Algumas dicas: se você quer ser rebelde use jeans, camisetão e scarpin. Já se você precisa de um look chique vá de jeans, blusinha, cardigã e scarpin.
Se está pretendendo criar um look moderno use um short de cetim, meia fio 40, camisa branca e o infalível scarpin.
Já para quem quer criar um visual despojado a dica é ir de skinny, blusinha e scarpin.
 O segredo está na irreverência do calçado, bastando apenas mudar algumas peças para ter diversos looks diferentes com o uso do scarpin, o sapato que está na história da moda feminina. 


Um comentário:

  1. Estou adooorando este blog.
    As dicas são ótimas, parabéns!

    ResponderExcluir